Parar de comer carnes.

Parar de comer carnes.

Nos dias de hoje parar de comer carnes já não é mais o absurdo que era há 10 anos. Muitos desportistas, cantores, lutadores e grandes pensadores se declaram vegetarianos e apoiam publicamente este estilo de vida.Já está mais do que provado que eliminar as carnes do cardápio potencializa a saúde e a vitalidade, previne doenças crônicas, contribui para a preservação do meio-ambiente e ainda incentiva o bem-estar dos animais. O que mais podemos querer?A grande questão hoje é: como fazer esta transição?

Quando me tornei ovo-lacto-vegetariana eu tinha apenas 16 anos, claro que meus pais quase morreram do coração, principalmente porque eu era uma criança difícil para comer e já tivera anemia. No entanto, o que aconteceu foi um aumento incrível de saúde e vitalidade que só se potencializou ao longo dos anos. A verdade é que eu comecei a prestar mais atenção a tudo o que eu comia, comecei a ter uma alimentação mais diversificada e saudável.

Quanto à dificuldade em saber o que comer, a minha dica é usar a criatividade e deixar desabrochar o seu lado chef de cuisine. Você vai comer de tudo, exceto carnes, vai descobrir um mundo de variedades de novos alimentos e combinações. Muito se fala sobre a soja ser essencial nesta etapa, mas saiba que ela é totalmente dispensável. Primeiro porque é um alimento altamente indigesto e segundo porque é extremamente prejudicial ao meio ambiente.

É possível preparar todas as receitas tradicionais sem usar a carne de nenhum animal e nem a soja: hambúrguer, lasanha, feijoada, estrogonofe, pizzas, pratos orientais, quibe, pastéis, pães, tortas salgadas etc. Também vai continuar podendo comer doces, bolo de chocolate, brigadeiro, biscoitos, sorvetes. Mas é muito importante que a comida seja gostosa, realmente prazerosa, bem temperada, bem feita, rica em cores e aromas. Muita gente acha que só porque não come carne a comida tem que ser marrom e sem gosto. Sem essa, por favor!

Uma pesquisa feita pelo IBOPE em 2012 mostra que 8% dos brasileiros, ou 15,2 milhões de pessoas, já se declaravam vegetarianas. É muito fácil perceber como o interesse em eliminar ou diminuir o consumo de carnes vem crescendo cada vez mais, basta procurar na internet sobre o tema e ver a quantidade de blogues, sites, organizações e institutos que aparecem na busca.

Até grandes chefs como Jamie Oliver adotaram a campanha Segunda Sem Carne. Portanto, só cabe a você quebrar os paradigmas que a sociedade lhe impõe e decidir o que você quer de verdade colocar no seu prato.

Repense seus alimentos!

Por Renata Junqueira

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Agende sua experiência

Próximos Eventos
abr 18

Aula gratuita no Parque do Povo

18 de abril de 2021, 10:00 - 11:00

Inscreva-se na nossa newsletter